terça-feira, 9 de novembro de 2010

Terça-feira Verde!

Dia da Maçã!!!

(Imagem: not1)

Maçã é o nome dado ao fruto da macieira, pertencente ao género Malus. As variedades mais comuns são M. domestica e M. sieversii. A maçã, do ponto de vista científico, não é realmente um fruto, e sim um pseudofruto (falso fruto).
O consumo regular de maçã é excelente para se prevenir e manter a taxa de colesterol em níveis aceitáveis. Esse efeito é devido ao alto teor de pectina, encontrada na casca. Também auxilia no processo de emagrecimento, pois a pectina dificulta a absorção das gordura, da glicose e elimina o colesterol.
O alto teor de potássio contido na polpa da maçã libera o sódio excedente, eliminando o excesso de água retida no corpo. Também apresenta propriedades medicinais, e produz efeitos benéficos sobre o coração, tanto pelo elevado teor de potássio, quanto pela presença de pectina, que evita a deposição de gorduras na parede arterial, prevenindo a arteriosclerose. Por tudo isto, melhora a circulação sanguinea, reduzindo, consequentemente, o trabalho cardíaco e prolongando a vida útil do coração.
Pode ser usada como uma espécie de laxante. A maçã contém as vitaminas: B1, B2 e Niacina, além de sais minerais, como fósforo e ferro.
É rica em quercetina, substância que ajuda a evitar a formação dos coágulos sanguíneos capazes de provocar derrames. A maçã é recomendada para pessoas com problemas de intestino, obesidade, reumatismo, gota, diabetes, enfermidades da pele e do sistema nervoso. A sua casca seca é empregada como chá como diurético.
Para melhor aproveitamento das suas vitaminas, o ideal é consumi-la ao natural com casca, pois é junto dela que estão a maior parte das suas vitaminas e os sais minerais.
Na hora de comprar, escolha as de casca de cor acentuada e brilhante, polpa firme, pesadas, sem partes moles, furos ou rachaduras. Nessas condições ela se conserva até um mês na geladeira.

Vai comer uma maçã vai ?!?!?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário