terça-feira, 24 de maio de 2011

Uma paixão para diferentes tipos de cortes!!! Parte I



Muito diferente do que todo mundo pensa, a faca não tem milhões de utilidades. Cada tipo foi criada para cumprir uma função especifica. Usar a faca adequada para cada tipo de coisa, pode, e faz toda diferença!
Quando comecei a faculdade, recebi uma lista de compras, e dentre os utensílios tinha o jogo de facas..
Ah, as facas...escolhi as minhas com muito cuidado e carinho, algumas dicas são fundamentais para comprar esse instrumento tão importante não só para quem quer  a gastronomia como profissão, mas para os amantes da cozinha também! Existem também alguns cuidados para manusear e conservar!
Uma boa faca proporciona facilidade de corte, maior precisão, menor esforço, maior durabilidade, facilidade de limpeza, manutenção e reafiação. Talvez pela falta de conhecimento, muitos costumam usar a mesma faca para cortar o pão, passar manteiga, servir os frios, cortar carnes e legumes...

Antes de comprar uma faca, é essencial definir qual será sua aplicação, pois existem modelos e tipos apropriados para cada atividade. Para fazer uma boa escolha, é importante verificar os seguintes aspectos:
• equilíbrio de peso entre cabo e lâmina;
• qualidade do fio da lâmina (liso ou serrilhado);
• empunhadura.;
• e acabamento final da faca.

O acabamento da faca, geralmente, nos dá uma boa idéia da qualidade geral do produto. Facas que apresentam superfície irregular, acabamento riscado, rebarbas na lâmina e cabo, além de manchas, podem indicar um produto de baixa qualidade.

As facas podem ser usadas para as mais diferentes aplicações e, para cada função, existem diversas combinações de geometrias de lâminas, tipos de metais e métodos de fabricação, cuja combinação as tornam adequadas a determinado tipo de uso. Elas se diferenciam basicamente entre linhas exclusivas para padarias, açougues, restaurantes, churrasco e culinária oriental.

Afiando sua faca:
As pedras de afiar têm por função retirar material da lâmina de forma a obter o ângulo de corte adequado. Essa retirada é efetuada pelo emprego de materiais mais duros do que o aço das lâminas (isto é, materiais que conseguem riscar e desgastar o aço) e será tão mais eficiente quanto mais abrasivo (duro) for o material da pedra de afiar. Já a chaira, usada para o acabamento final na afiação, sempre deve possuir uma dureza superior à da faca, caso contrário, o fio será danificado, pois a faca estará “cortando” o material da chaira. Não podemos esquecer de que a faca deve ser a extensão da própria mão.

Conservação e uso:
Lave sempre as facas após o uso, utilizando sabão neutro, isento de cloro, água, e uma esponja ou pano macio;
Não deixe resíduos de alimentos sobre as facas por longos períodos de tempo;
Após lavar, seque imediatamente;
Nunca utilize produtos abrasivos sobre as lâminas, tais como palha de aço;
Mantenha a afiação sempre em dia;
Afie as facas com uma chaira ou afiador de boa qualidade que facilite a afiação;
As boas facas de cozinha são desenvolvidas para cortar alimentos. Não usá-las em corte por impacto ou em grandes flexões laterais, pois este tipo de operação poderá ocasionar “dentes” no fio ou quebra da lâmina.

3 comentários:

  1. Adorei a dica, mas devo confesar que faca aqui em casa é um faz tudo!RSSSS

    ResponderExcluir
  2. Aqui em casa ninguem pode mexer em minha faca..fico danada da vida quando alguem urtiliza e fica sega!!!
    Adorei as dicas

    ResponderExcluir
  3. doro suas matérias...Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir